Empresa de cursos presenciais de Atualização em Legislação Empresarial e Recursos Humanos ”.

Estamos preocupados e com medo?
Sim, somos empresa, mas também seres humanos!

A Pandemia “Covid 19” é séria?
Sim, escolas estaduais, municipais, e fronteiras estão sendo fechadas a fim de conter o avanço da pandemia.

Algumas recomendações do Ministério da Saúde são:
Evitar participar de eventos onde há concentração de muitas pessoas, conglomerações, principalmente em ambientes fechados e pouco ventilados. Praticar higiene de todo tipo no ambiente do trabalho e residencial e principalmente das mãos com sabão e álcool em gel, manter distância segura de 1 metro do outro evitando assim contágio. Evitar abraços, beijos e apertos de mão, entre outros.

O que vamos fazer referente nossas agendas de treinamentos presenciais ?
Iremos aguardar , avaliar a curva amplamente divulgada referente avanço ou estabilização do contágio , agendar os treinamentos para realização online e no momento oportuno , gradativamente e com segurança retornando aos poucos a realização dos presenciais.

Referente a necessidade emergenciais ou preventivos dos clientes, o que acontecerá  ? 
Estaremos oferecendo um atendimento diferenciado de acordo com a necessidade de cada um .

Qual solução de treinamentos irão oferecer nesse período? 
Já estão disponíveis para que possamos continuar o trabalho que já fazemos a aproximadamente 20 anos, com segurança aos participantes.

O investimento no EAD (ensino a distância) será o mesmo que do treinamento presencial?
Não, os treinamentos a distância tem uma característica diferente dos presenciais e seus investimentos serão atraentes visto que reduz tanto aos participantes quanto a Moraes os custos para realização , no caso dos clientes reduz os custos de traslado,hospedagem ,alimentação e no caso da Moraes reduz a locação de salas e todo aparado envolvido para presenciais.

Será que irei me acostumar com EAD (ensino a distância)?

Momento de quebra de paradigma, até porque não sabemos “ainda” até quando teremos que manter esses cuidados de isolamento social, entendemos ser um momento magnífico para trabalharmos de forma preventiva, nos preparar para o futuro e aproveitar os valores diferenciados para participar online e mesmo que resistentes a participação do online, nos forçar a TESTAR O NOVO e quebrar o paradigma que não é legal online, nas últimas semanas do período de 27.03.2020 até a presente data, temos tido excelentes resultados nos encontros a distância.
Destacamos alguns magníficos pontos positivos (diz respeito a troca de arquivos e/ou orientações, atendimento personalizado , obter documentado a resposta de todas as perguntas feitas,  conforto de casa ou trabalho entre outros)   e outros pontos limitadores ( internet deve ser boa, durante a aula ead nem sempre vai dar para esgotar uma dúvida que presencialmente seria rapidamente respondida e outros), tem sido uma ótima experiência !

O que acreditamos? Em Deus !
Pensamos juntos, as coisas como estavam “pré covid-19” não podiam continuar… a crise do País estava provocando a sensação de que “não havia mais tempo para nada! ”, pessoas físicas e jurídicas num aceleramento desumano somente para obter resultados de “sobrevivência” a si e familiares  .

O que recomendamos?
Responsabilidade, Reflexão do que realmente importa, Convivência Harmônica ,Serenidade, Amor ao próximo e Solidariedade.

Finalizando nosso Comunicado:

Compartilhamos uma breve mensagem de um autor desconhecido .

Algo invisível chegou e colocou tudo no lugar.
De repente os combustíveis baixaram, a poluição baixou, as pessoas passaram a ter tempo, tanto tempo que nem sabem o que fazer com ele, os pais estão com os filhos em família, o trabalho deixou de ser prioritário, as viagens e o lazer também.
De repente silenciosamente voltamo-nos para dentro de nós próprios entendemos o valor da palavra solidariedade, amor, força, fé. Num instante damos conta que estamos todos no mesmo barco, ricos e pobres, que as prateleiras dos supermercados estão vazias e os hospitais cheios e que o dinheiro e os seguros de saúde que o dinheiro pagava não têm nenhuma importância porque os hospitais privados foram os primeiros a fechar.
Nas garagens ou nos estacionamentos estão parados igualmente os carros topo de gama ou ferro velhos antigos simplesmente porque ninguém pode sair. Bastaram meia dúzia de dias para que o Universo estabelecesse a igualdade social que se dizia ser impossível de repor.
O MEDO invadiu todos
Que ao menos isto sirva para nos darmos conta da vulnerabilidade do ser humano.
Não se esqueçam, BASTOU MEIA DÚZIA DE DIAS!!!

Autor desconhecido, texto interessantíssimo!!

Estamos as ordens e que Deus nos proteja.     

Nossos telefones :  16.4141 9660 – 16.98 262 5959
www.moraescursos.com.br

Pré-inscrição