ECF (Escrituração Contábil Fiscal) e ECD (Escrituração Contábil Digital)

//ECF (Escrituração Contábil Fiscal) e ECD (Escrituração Contábil Digital)

Horário: 08h30 às 12h30 e 13h30 às 17h30
Local: Vancouver Hotel – Rua Edson Souto, 500 – Ribeirão Preto – SP

Com o advento da IN RFB n.º 1.594/15 a ECD (Escrituração Contábil Digital) e a ECF (Escrituração Contábil Fiscal) passam a ter novo prazo de entrega e novas regras, ou seja, a ECD deverá ser entregue até 31 de maio e a ECF entregue até 31 de julho pelas PJ lucro real, presumido, arbitrado e imunes e isentas, proporcionando ao SPED Contábil completo controle do contribuinte com a integração eletrônica da contabilidade com a apuração do IRPJ e CSLL, mediante os livros eletrônicos (Livro Diário Digital, e-LALUR e o e-LACS).

Objetivo:

orientar e preparar os participantes para os novos procedimentos a serem tomados para validação, assinatura e acompanhamento da ECD (Escrituração Contábil Digital) e da ECF (Escrituração Contábil Fiscal)istas para a ECF, permitindo aos participantes o alinhamento prévio de suas informações viabilizando o correto cruzamento das informações do e-LALUR, e-LACS, econômicas, financeiras e gerais da antiga DIPJ com os registros da ECD.

Destina-se:

a contadores, controllers, analistas, assistentes e auxiliares das áreas contábil, tributária e TI, bem como aos demais profissionais envolvidos com a matéria.

Programa

1 – SPED-Contábil: a ECD (leiaute atualizado) e a nova ECF
– breve histórico
– o que consiste o SPED-Contábil
– obrigatoriedade para todas PJ lucro real, presumido e imunes/isentas
– o que consiste a ECD (Escrituração Contábil Digital)
– a ECF (Escrituração Contábil-Fiscal)
– objetivos e características

2 – SPED-Contábil e o RTT (Regime Tributário de Transição) e a ECF
– nova regulamentação e extinção do RTT (IN RFB n.º 1.397/13, 1.422/13, 1.493/14 e Lei n.º 12.973/14)
– quais os efeitos práticos da extinção (apuração e controle das divergências societário x fiscal)
– novas disposições para
– subvenções para investimentos e doações
– juros sobre capital próprio
– avaliação de investimentos relevantes
– lucro para fins societários
– lucro líquido do período de apuração (isento de IRRF)
– lucros e dividendos
– aplicação para o PIS e Cofins
– aplicação para Lucro Presumido

3 – PVA SPED-Contábil (Programa Validador e Assinador) – versão atualizada da ECD
– quais as novidades da nova versão
– possibilidade de edição dos registros a partir do PVA – vantagem ou desvantagem ?
– funcionalidades e objetivos do sistema
– instruções gerais de preenchimento e regras da IN DREI n° 11/2013 e Decreto n° 8.683/16
– barra de ferramentas e menus
– configurações
– operacionalidade do aplicativo
– como validar arquivos ECD
– como assinar arquivos ECD
– autenticação livros digitais na Junta Comercial/Cartórios/SPED
– plano de contas referencial da RFB
– visualizações da ECD
– tabelas a serem utilizadas no sistema
– consultas do processamento
– dados técnicos para geração dos arquivos digitais
– estrutura dos arquivos digitais
– utilização do ReceitaNet bx
– registro I050: plano de contas
– registro I051: plano de contas referencial
– registro I052: indicação dos códigos de aglutinação
– registro I150: saldos periódicos – identificação do período
– registro I155: detalhe dos saldos periódicos
– registro I157: transferência de saldos de plano de contas anterior
– registro I350: saldo das contas de resultado antes do encerramento – identificação da data
– registro I355: detalhes dos saldos das contas de resultado antes do encerramento
– registro J100: balanço patrimonial
– registro J150: demonstração do resultado do exercício
– registro J200: tabela de histórico de fatos contábeis que modificam a conta lucros acumulados ou
a conta prejuízos acumulados ou todo o patrimônio líquido
– registro J210: DLPA – Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados/DMPL – Demonstração de Mutações do Patrimônio Líquido
– registro J215: fato contábil que altera a conta lucros acumulados ou a conta prejuízos acumulados ou todo o patrimônio líquido
– registro J800: outras informações
– registro J801: termo de verificação para substituição da ECD – novas regras
– bloco K: conglomerados financeiros

4 – Nova ECF – regras e leiaute atualizado
– apresentação do projeto da ECF
– PVA-SPED ECF – versão atualizada
– adequações feitas na ECD para alinhamento com a ECF
– obrigatoriedade a partir do ano calendário 2014
– estrutura da ECF
– adequação do plano de contas à ECF
– cruzamento das informações entre ECD e ECF
– quais os registros que devem ser confrontados
– apresentação dos blocos e registros da ECF
– bloco O – identificação da entidade
– bloco C – informações recuperadas da ECD
– bloco E – informações recuperadas da ECF anterior
– bloco J – plano de contas, mapeamento
– bloco K – saldos (contas patrimoniais e de resultado)
– bloco L – lucro real
– bloco M – e-LALUR e e-LACS
– bloco N – IRPJ e CSLL
– bloco P – lucro presumido
– bloco T – lucro arbitrado
– bloco U – empresas imunes e isentas
– bloco X – informações econômicas da DIPJ
– bloco W – DPP
– bloco Y – informações gerais da DIPJ

Palestrante: Jonas Lourenço Lage

– Bacharel em Ciências Contábeis formado pelo Centro Universitário Newton Paiva
– Consultor e Instrutor de cursos e palestras nas áreas de IRPJ, CSLL, PIS, Cofins, Contabilidade e Legislação Societária

Incluso: Material Didático IMPRESSO, Coffe Break e Certificado Online.

Investimento: sob consulta

Fale conosco: 16.4141 9660

Pré-inscrição

Faça um comentário

WhatsApp chat